quinta-feira, 14 de junho de 2012

Atacando pela sétima


Caros colegas,
No fragmento de partida que está transcrito logo em seguida, poderemos ver como o domínio da sétima horizontal pode se tornar decisivo para a conclusão de um jogo.
Vejamos o que aconteceu aquí:
Posição inicial.
Jogam as brancas.
Notem que o Cavalo preto de c4 está atacando a Torre branca de d6. 
1.Rd4
Escapando do ataque e devolvendo o mesmo.
1.______,Re1+
Em vez de proteger o Cavalo, as pretas resolveram contra atacar.
2.Kh2
Já previsto pelas brancas, por isso a casa h2 estava liberada.
2.______,Rc1
Agora sim, protegendo o Cavalo.
3.Rd8+
Dando o troco nas pretas.
3.______,Kg7
4.Rd7+
A Torre branca ocupa a sétima horizontal.
Uma posição ideal de ataque para as Torres.
Quase sempre, os resultados são destruidores.
4.______,Kf6
O Peão preto de h7 ficou desprotegido, mas, será que, neste momento da partida, ele seria o fiel da balança?
5.f4
As brancas desprezam o Peão preto (h7) e colocam seu Peão f no ataque, dando suporte ao Cavalo de g5 e também cobrindo a casa e5.
Analisando esta nova posição da partida, vocês notaram que, agora, o Rei preto só tem uma casa disponível para se locomover (f5)?
5.______,Ne3
As pretas cometem um engano fatal, desprezando o ataque branco e partindo para o seu próprio ataque.
6.Rf7++
E aí vem a punição para esse descuido: xeque-mate!
Vejam como ficou a situação do Rei preto!
Totalmente cercado pelas peças brancas!
E a Torre branca soube utilizar, magistralmente, todo o poderio do domínio da sétima horizontal.

Nenhum comentário: