segunda-feira, 11 de abril de 2011

Falta de escape

Caros colegas,
Uma produção da Oficina de Xadrez do blog http://xadrezdomeujeito.blogspot.com/
O escudo de Peões formados à frente do Rei depois de efetuado o roque, é necessário para a proteção do monarca mas, em determinadas situações, devemos prever sempre uma casa de fuga para ele, evitando supresas desagradáveis devidas aos ataques pela retaguarda (via última linha horizontal).
A posição mostrada abaixo ilustra muito bem os perigos que podem ocorrer nestes casos: 
 
 
Jogam as pretas.
As brancas só têm a Torre em h1 protegendo a primeira linha horizontal.
O seu escudo de Peões (a2, b2 e c2) está intacto, mas sem previsão de rotas de fuga para o Rei branco em caso de ataques pela retaguarda.
Como as pretas, que têm a iniciativa de jogar, poderiam aproveitar esta incomoda situação das brancas?
 
 
1._____,Rh3
Primeiro um ataque duplo.
 
 
Vejam que, enquanto a Torre preta de h3 ataca a Torre branca de h1, ameaçando o mate, a Dama preta (a5) também ameaça a Dama branca (d2).
 
 
2.Qd1
Protegendo a Torre h1 e reforçando a primeira horizontal.
 
 
2._____,Qd2
Novo ataque duplo.
 
 
Tanto a Dama preta quanto a Torre preta ameaçam o mate via primeira horizontal.
 
 
3.Rf1
Tentando sair do sufoco.
 
 
3._____,Qxd1+
Mas a troca de Damas forçada deixa as pretas com superioridade material (duas Torres contra uma).
E as brancas abandonam a partida!
Uma janelinha de fuga em a2, por exemplo, deixaria as brancas em situação bem diferente!
 

Nenhum comentário: