segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Muita fome

Caros colegas,
Uma produção da Oficina de Xadrez: http://xadrezdomeujeito.blogspot.com/
Já diziam os antigos "Não vá com muita sêde ao pote, pois ele é de barro"!
Sábias palavras, que podem perfeitamente serem adaptadas ao xadrez!
Muitas e muitas vezes notamos jovens jogadores e, às vezes, até mesmo jogadores experientes, mas turrões, irem fazendo jogadas apressadas, sem qualquer análise, sob o domínio somente da emoção!
Ora....ora!
No xadrez, meus amigos, como em muitas ocasiões da vida, temos que deixar a emoção de lado e analisar, com calma, uma determinada situação, pois senão, corremos o risco de estarmos escolhendo a opção errada para ela!
Um exemplo disso está aqui:
 
 
Posição após 1._____,Qf5
Jogam as brancas.
Vejam que as pretas concentraram três peças poderosas (duas Torres e Dama) sobre o pobre Peão branco de f2.
E o pobrezinho tem somente duas peças para protegê-lo, sendo que uma delas, o Rei, tem movimentos limitados nestas situações.
 
 
2.Bh6
Em uma tentativa bastante discutível para o momento, as brancas resolvem atacar a Torre da retaguarda (f8), talvez para intimidar o jogador de pretas!
 
 
2._____,Rxf2
Sem medo de ser feliz, as pretas nem dão bola para a ameaça do Bispo branco e detonam o Peão f2.
 
 
3.Bxf8
Quanta sêde, minha gente!
E o pote é de barro, lembram-se?
 
 
3._____,Qf3
Pois é.....o pote se quebrou!
Linda cravada na Torre branca!
E, se não mexer essa Torre, as brancas vão é perdê-la!
Ou lavar mate em g2 com a Dama preta!
Resultado: as brancas abandonam a partida.....com os cacos do pote nas mãos!
 
 

Nenhum comentário: